Metamorfose paisagística: o visto e o não visto nos relatos de Saint-Hilaire e de Seidler (Rio Grande do Sul – século XIX)

Autori

  • Marcos Antônio Witt UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS

DOI:

https://doi.org/10.6092/issn.2036-0967/3084

Parole chiave:

Metamorfose, paisagem, Saint-Hilaire, Seidler, Litoral Norte

Abstract

O presente texto tem como objetivo analisar como se deu a metamorfose paisagística do Litoral Norte do Rio Grande do Sul (LNRS), a qual pode ser compreendida através dos relatos de dois viajantes: Auguste de Saint-Hilaire e Carl Seidler. Os dois viajantes excursionaram pelo LNRS na década de 1820 e presenciaram fatos históricos que compreendem a passagem de soldados até o assentamento de colonos alemães. O que foi visto por Seidler e deixou de ser visto por Saint-Hilaire possibilita analisar como se deu a transformação do espaço que ora denominamos de LNRS.

 

Pubblicato

2012-05-25

Come citare

Witt, M. A. (2012). Metamorfose paisagística: o visto e o não visto nos relatos de Saint-Hilaire e de Seidler (Rio Grande do Sul – século XIX). Confluenze. Rivista Di Studi Iberoamericani, 4(1), 92-101. https://doi.org/10.6092/issn.2036-0967/3084