Da figuração à fulguração do detalhe: apropriações da imagem na crítica de gonzaga-duque a modesto brocos y gomez (1852-1936)

Autori

  • Heloisa Selma Fernandes Capel

DOI:

https://doi.org/10.6092/issn.2036-0967/5410

Parole chiave:

Modesto Brocos, Reception, Figuration, Detail, Image

Abstract

Resumo: o presente artigo discute a importância do detalhe na figuração do pintor compostelano radicado no Brasil oitocentista, Modesto Brocos y Gomes (1852-1936). Inspirado nas discussões do historiador da arte Georges Didi- Huberman e a partir da recepção crítica da obra Engenho de Mandioca (1982), considera possibilidades de abertura da imagem na compreensão do pensamento europeu sobre a população negra brasileira na transição para a República.

Pubblicato

2015-07-20

Come citare

Fernandes Capel, H. S. (2015). Da figuração à fulguração do detalhe: apropriações da imagem na crítica de gonzaga-duque a modesto brocos y gomez (1852-1936). Confluenze. Rivista Di Studi Iberoamericani, 7(1), 351-362. https://doi.org/10.6092/issn.2036-0967/5410