Confluências e matizes nos programas econômicos das ditaduras brasileira e chilena

Autori

  • Hernán Ramírez UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS

DOI:

https://doi.org/10.6092/issn.2036-0967/3430

Parole chiave:

programas econômicos, ditaduras, Brasil, Chile

Abstract

Neste artigo analisamos os programas que embasaram as políticas econômicas das ditaduras brasileira e chilena. No Brasil consideramos as posições formuladas pelo Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais (IPÊS) entre 1962 e 1968, na sua maioria implementadas durante o regime instaurado após 1964; no Chile, abordamos o escrito conhecido como El Ladrillo, elaborado junto à Pontifícia Universidad Católica de Santiago de Chile a partir de 1956, que serviu de referencial ao regime autoritário instaurado em 1973. Por meio deles, observamos a existência de numerosos aspectos em comum, apesar dos matizes locais.

Pubblicato

2012-12-23

Come citare

Ramírez, H. (2012). Confluências e matizes nos programas econômicos das ditaduras brasileira e chilena. Confluenze. Rivista Di Studi Iberoamericani, 4(2), 63-81. https://doi.org/10.6092/issn.2036-0967/3430