[1]
F. Vilar, «Slam: periferia, pós-memória e identidade», CONFLUENZE, vol. 12, n. 2, pagg. 135-152, dic. 2020.